Roberto Carlos celebra seus 79 anos com live de casa e incentiva uso de máscara

Ontem, o Rei Roberto Carlos completou 79 anos, e seus súditos puderam participar da festa, de dentro de suas casas. É que o cantor decidiu comemorar o aniversário de maneira inusitada: apresentando uma live diretamente de seu estúdio na Urca, na Zona Sul do Rio, acompanhado somente do maestro Eduardo Lages e do pianista Tutuca Borba. A transmissão começou durante o “Domingão do Faustão” e seguiu no Globoplay e no Youtube do cantor, alcançando 1,4 milhão de pessoas simultaneamente, somente neste canal.

“É uma experiência um pouco rara pra mim, em fazer alguma coisa ao vivo. Mas é sempre bom”, afirmou Roberto, que começou o show com o clássico “Como é grande o meu amor por você: “Eu escolhi essa canção para começar porque nela eu tenho a chance de dizer tudo o que sinto. Eu amo vocês”.

O Rei aproveitou para incentivar os fãs a usar máscara neste período de pandemia do novo coronavírus. “Eu estava usando essa máscara até agora há pouco. Só tirei porque preciso cantar. Vocês têm que usar, com certeza. Isso é uma defesa muito grande contra tudo isso que está acontecendo nesse momento. Eu não gosto nem de falar o nome. Fiquem em casa”, pediu.

Durante quase uma hora de show, Roberto desfilou sucessos como “Detalhes”, “É preciso saber viver”, “Amigo” e “Eu te amo tanto”. Antes de cantar “Caminhoneiro”, comentou: “Quero falar dos heróis, de todo o pessoal da saúde tão necessário pra nós: médicos, enfermeiros… E dos caminhoneiros. Quando menino, eu sonhava ser caminhoneiro, era fascinado pelas histórias que eles contavam. Essa canção eu ofereço a esses heróis”.

Ao interpretar “Canzone per te”, homenageou a Itália, um dos países mais afetados pela Covid-19. As religiosas “Nossa Senhora”, “Todos estão surdos”, “Jesus Salvador” e “Jesus Cristo” encerraram a apresentação, que ainda teve direito a “Parabéns pra você”, com o próprio Roberto acendendo e apagando as velas do bolo de abacaxi com coco. O primeiro e robusto pedaço ele ofereceu aos fãs que o acompanhavam. “São milhares de mensagens. Recebo todo esse carinho e amor. Eu não sei nem como agradecer a tudo isso”, emocionou-se.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *